Menu
Menu

Marca: Faculdade São Miguel

Graduação em Psicologia

AUTORIZAÇÃO

Portaria MEC nº 674 de 04 de julho de 2017, publicada no D.O.U. em 06/07/2017.

CARACTERÍSTICAS DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL:

  • A formação generalista e pluralista, que oportunize o avaliar, caracterizar, produzir e aplicar os conhecimentos da ciência psicológica de forma consistente;
  • A busca, sistematização e aplicação de conhecimentos científicos como subsídio para sua intervenção profissional;
  • A atuação numa perspectiva com vistas à prevenção, promoção e intervenção, em relação à problemática de ordem psicológica em seu contexto de inserção profissional;
  • O operar de modo compatível com as políticas públicas, contribuindo para sua efetivação, avaliação crítica e aprimoramento constante;
  • O cumprimento dos princípios éticos e o respeito ao marco legal que serve à regulação do seu exercício profissional;
  • A atuação em equipes multiprofissionais em regime de colaboração e integração, com interesse em aperfeiçoar processos de intervenção que possam ser compartilhados entre os profissionais;
  • A capacidade de empreender e desenvolver projetos de pesquisa e intervenção que resultem na melhoria da qualidade de vida e bem-estar psicológico da população, considerando a diversidade humana e as características dos contextos de intervenção;
  • A capacidade de identificar, interpretar e intervir, de modo strictu sensu e/ou na interface com outros campos de produção do conhecimento científico, questões tomadas como de natureza psicológica;

OBJETIVOS DO CURSO

Objetivo Geral

  • Formar profissionais em Psicologia capazes de identificar, acessar, interpretar e compreender os mais diversos fenômenos psicológicos em diferentes contextos, e intervir em distintas áreas da pesquisa e da atuação profissional.

Objetivos Específicos

  • Formar profissionais capazes de atender as demandas sociais oriundas das diferentes áreas de atuação profissional, das mais tradicionais às emergentes, com senso crítico e esmero teórico/metodológico;
  • Instrumentalizar profissionais a fim de possibilitar o planejamento, desenvolvimento e a avaliação de intervenções psicológicas efetivas e eficazes, com base nos fundamentos teóricos e metodológicos vigentes;
  • Possibilitar a formação de profissionais capacitados para entender, operar e atuar no âmbito das diferentes políticas públicas setoriais e de direitos em vigor no país;
  • Viabilizar a formação de profissionais capazes de (re)produzir e socializar conhecimentos científicos estritos e/ou afeitos ao universo psi, os quais permitam o aprimoramento da ciência e das práticas profissionais;
  • Qualificar profissionais para atuarem na formulação e execução de práticas de ensino e pesquisa em Psicologia.

MERCADO DE TRABALHO E ABSORÇÃO PROFISSIONAL

O mercado trabalho em Psicologia condensa diversas áreas de atuação, considerando-se os seguintes aspectos:

  • Por concentrar um dos maiores parques industriais do Norte-Nordeste, o mercado local tem revelado grande carência relativa a mão de obra especializada na área de Psicologia Organizacional e do Trabalho, capaz de subsidiar as empresas locais nos processos de recrutamento e seleção, desenvolvimento e qualificação de mão de obra ou de assessoria e consultoria de gestão de processos e pessoas (PE, 2010);
  • Por possuir o segundo maior polo médico do país, com mais de 400 hospitais e empregando mais de 200 mil pessoas ao ano, abre-se espaço a novas possibilidades de atuação profissional para psicólogos especialistas na área de saúde, pública ou privada. Neste sentido, é inegável a direta interface e contribuição da psicologia nos diferentes campos da clínica, hospitalar, saúde mental e da saúde coletiva, competências inerentes à formação e ao fazer psicológico (UFPE, 2013);
  • O significativo crescimento na implementação e consolidação das políticas públicas, setoriais e de garantia de direitos, em especial no âmbito da saúde, assistência social e da educação, tem exigido a inclusão do profissional de Psicologia na composição de equipes interdisciplinares e multidisciplinares, possibilitando o atendimento e compreensão do sujeito humano a partir de um modelo sistêmico que contemple suas dimensões bio-psico-social;
  • Tanto na área social, quanto na área de saúde pública, o Recife tem apresentado uma das maiores concentrações de Organizações Não-Governamentais – ONGs do país. Segundo a Revista Turismo de Negócio (2013), a cidade se destaca por concentrar 53% das Ongs atuantes na Região Nordeste, configurando o segmento enquanto importante área de suporte e apoio potencial para inserção da sociedade civil nos processos de descentralização e democratização dos serviços de atendimento a população em geral. Tal fato confirma a tradição da Região na atuação direta da sociedade civil organizada na gestão pública participativa no âmbito das políticas públicas setoriais e de direitos, sejam na esfera federal, estadual ou municipal, oportunizando espaços para alocação da mão de obra qualificada.

DIFERENCIAL DO CURSO

O curso de Bacharelado em Psicologia da Faculdade São Miguel se diferencia por oferecer um projeto complementar para formação de professores de Psicologia, esse projeto, considera a legislação vigente no tocante a formação de professores. O projeto prevê conformação ao chamado Núcleo de Estudos de Formação Geral, das áreas específicas e interdisciplinares, e do campo educacional, seus fundamentos e metodologias, e das diversas realidades educacionais, como também, ao chamado Núcleo de Aprofundamento e Diversificação de estudos das áreas de atuação profissional, incluindo os conteúdos específicos e pedagógicos, priorizadas pelo projeto pedagógico das instituições, em sintonia com os sistemas de ensino, que, atendendo às demandas sociais.

COORDENADOR
Professor João Murilo dos Santos.

Faça o download da Matriz Curricular
« Voltar